Artigo vazado 3cfe278ff33dee042b24656458c3ab911d49bfe80e37cca1757d5a15f05f7b4a
11/08/2020
Produtividade e Alta Performance: o que são?
Data?1569949818
by: Clara Carvalho
Produtividade e Alta Performance: o que são?
Produtividade e Alta Performance: o que são?
O que você vai ler aqui:
  • O que você vai ler aqui: O que é produtividade
  • O que é performance
  • Como alcançar a alta performance na sua rotina

Esgotamento. 

Todos querem progredir, mas existe um sentimento que é compartilhado por muitos de nós: ESGOTAMENTO.

Nesses tempos compartilhei sentimentos com diversas pessoas, percebi que a insegurança sobre como evoluir e sobre quais decisões tomar em relação a família, relacionamentos e à carreira é cada vez mais frequente. 

Sim, existe ímpeto, muitos correm atrás dos seus sonhos, mas existe um certo temor em fracassar ou ser taxado como "diferente" quando se opta por trilhar caminhos disruptivos.

E o que isso tem a ver com performance e produtividade?

Bom, quando falamos de produtividade e performance não estamos falando de mais horas e mais trabalho, mas sim sobre que o indivíduo quer fazer com a sua vida e quão bem ele consegue fazer isso.

Quando olhamos para trás, os conselhos que nos deram por séculos, talvez com alguma dose de otimismo sã:

- trabalhe duro

- ame o que faz

- concentre-se em seus pontos fortes

- pratique bastante

- tenha perseverança

- seja grato

Mas...

Você não conhece diversas pessoas que trabalharam duro e ainda assim não tem satisfação e sucesso que desejam? 

Você conhece pessoas que são apaixonadas pelo o que fazem, mas ainda sim ficaram estagnadas? 

Não tem gente que sabe seus pontos fortes, mas não tem perspectivas claras, aqueles não fazem ideia do que fazer quando começar um novo projeto e continuam sendo superadas por pessoas com menos habilidades?

Sobre praticar: 

Há sim quem se dedique 10 mil horas em alguma atividade e ainda assim não consegue alcançar seus objetivos.

E a gratidão? Concordo que a gratidão é o ingrediente mais doce da vida. Nos traz positividade e bem-estar. Mas existe gente perseverando com gratidão em trabalhos e relacionamentos em que não há mais saída.

Então sabe qual é problema desse super conselho? Ele é voltado demais para resultados individuais e sucesso inicial. Esse conselho é excelente por te fazer entrar no jogo, mas não, ele não faz você se manter nele.

  • O que acontece depois das primeiras vitorias? 
  • Como adquirir confiança para alcançar um próximo nível? 
  • Como manter o sucesso a longo prazo sem perder alegria?

Esse é o desafio da vida. 

Dois conceitos iniciais: Produtividade e Performance.



PRODUTIVIDADE: o que é?

Produção RELEVANTE de um indivíduo em determinado período

Você pode ser altamente produtivo e ter muito resultado, mas os resultados alcançados podem ser inúteis. Quando você se concentra em resultados relevantes, faz as coisas certas.

Ser produtivo: ter tarefas com início, meio e fim programados e que durante a sua execução gerarão valor agregado e não só no fim.

É preciso saber dizer não. Nem sempre é possível fazer tudo, é necessário saber dizer não com explicações racionais que deixe claro para você que atrapalhará o seu planejamento.

SER PRODUTIVO É DIFERENTE DE SER OCUPADO

Um artigo do "New York Times" cita alguns estudos que fizeram as contas de quanto tempo os americanos de fato trabalham, mostrando assim como uma pesquisa da Microsoft, que das 45h de trabalho semanais, 16h são improdutivas. 

Ou seja, mais de um terço. Já a América Online e a Salary.com, afirmam que os profissionais só trabalham três dos cinco dias da semana - quando somadas as horas produtivas.

PERFORMANCE: o que é?

Performance = desempenho.

E a alta performance? Quem são aqueles que tem alta performance?

Bom, ter alta performance nada mais é do que ter sucesso além do padrão estabelecido com CONSISTÊNCIA e a LONGO prazo.

Progredir e impactar. Pessoas com alta performance QUEBRAM normas, estão sempre apresentando resultados ALÉM da expectativa.

Uma pessoa de alta performance não é aquela que tem um mero desenvolvimento em alguma especialidade. Não estou falando de aprender novo idioma, ser mestre em xadrez, ganhar um campeonato, ser um CEO renomado, um chefe do departamento médico do hospital.

Ter alta performance é ter habilidades e competências ADJACENTES para complementar uma expertise. Uma série de hábitos que ajudam a se desenvolver e, consequentemente, de forma natural, se destacar em vários âmbitos da vida. 

Exemplo clássico: Um atleta olímpico. Um atleta de natação para conquistar aquela medalha de destaque e ir ao pódio ele precisou lidar com suas emoções, nutrição, treinos, negociação, dinheiro, falta de tempo, cansaço, contratos, liderança de um time. Não é apenas ter um bom biotipo e nadar. Nadar é a parte mais fácil, difícil é lidar com todo o resto com inteligência emocional.

Ter alta performance é não se contentar com uma meta e sim com um sistema. Não enxergar uma conquista como a glória da vida e sim como mais uma etapa de crescimento.

É IMPOSSÍVEL quebrar padrão tendo o chão como meta. Então, para completar é impossível ter performance duradoura se você não se preocupa com a VIDA.

Viver bem é o objetivo.

“WHETHER YOU THINK YOU CAN OR THINK YOU CAN’T. YOU’RE RIGHT!” - HENRY FORD

Muitas pessoas têm uma força pessoal incrível, mas não se preocupam em construir a base: saúde e relacionamentos. Adquirem instabilidade emocional em busca obsessiva pelo alto nível de desempenho.

Vale a pena? O que se ganha com tudo isso? 

Uma vida vazia.

O que fica: Pessoas produtivas. Quem vive em alta performance é, de fato, mais bem-sucedidos do que seus pares e ainda assim estão menos estressados. Adoram desafios e são mais confiantes de que alcançarão seus objetivos, apesar das adversidades.

Respondendo à pergunta inicial: Por que se preocupar com produtividade e performance? 

Porque é a única forma de você ser o capitão da sua vida, evitar ser guiado por influencias externas e começar a se destacar com proposito em todos os segmentos que você decidir se colocar.

Existe um jeito de inspirar e capacitar o outro a fazer o mesmo?


Data?1569949818
AUTOR:
Clara Carvalho
Médica - Medicina de Emergência Hospital das Clínicas USP São Paulo . Ir além do convencional, pensar fora da caixa, em constante busca pela transformação e evolução.