Artigo vazado 3cfe278ff33dee042b24656458c3ab911d49bfe80e37cca1757d5a15f05f7b4a
23/06/2020
Benefícios do sono de acordo com a ciência
Data?1569950176
by: Caffeine Academy
Benefícios do sono de acordo com a ciência
Benefícios do sono de acordo com a ciência
O que você vai ler aqui:
  • A importância do sono para a saúde
  • Os estágios do sono
  • Sono e aprendizado
  • Sono e longevidade
  • Sono e performance física.

Benefícios do sono de acordo com a ciência

Uma boa noite de sono revigora, acalma a mente e nos fornece energia para encarar mais um dia. Não é à toa que passamos cerca de um terço da vida dormindo! Acha muito? Mas não é, e vamos te explicar. 

Na verdade, dormir não é só importante para ficar acordado no outro dia. O sono é uma necessidade fisiológica humana, e não uma escolha. É nesse momento que o cérebro libera vários hormônios, limpa resíduos celulares e reparar células cerebrais danificadas.

Dr. Dinges, pesquisador e professor americano do sono, reconhece que nem todas as funções do sono são conhecidas, mas alguns dos seus papeis são bem claros:

“Sabemos, por exemplo, que o sono é fundamental para despertar a cognição - isto é, a capacidade de pensar com clareza, estar vigilante e alerta, e manter a atenção. Também sabemos que as memórias são consolidadas durante o sono e que o sono desempenha um papel fundamental na regulação emocional”.

Além de melhorar a função cerebral, uma noite de sono profundo faz com que você acorde com um processamento mental 50% mais rápido e humor mais estável, além de facilitar a recuperação muscular, garantir equilíbrio hormonal e prevenir doenças.  

De acordo com Harpreet Rai, especialista em sono e criador do Oura Ring, o sono é um dos maiores biohacks. E nós também concordamos com isso!


Fases do sono

Você já deve ter ouvido falar do sono REM, do inglês Rapid Eye Movement. Ele é o último estágio do sono, sendo precedido pelo N1, N2 e N3. O REM e o N3 são os mais importantes para a recuperação muscular e processo de memorização/aprendizado.

Veja o que acontece durante o seu sono:

  1. N1: transição da vigília para o sono profundo, contudo, ainda leve;
  2. N2: desconexão do cérebro com o mundo físico/real;
  3. N3: sono profundo, com descanso da atividade cerebral;
  4. REM: intensa atividade cerebral, movimentos oculares rápidos e sonhos.

Evitar interrupções do sono é fundamental para que ele tenha realmente uma função reparadora. Dr. Dinges ainda explica que quando o sono passa pelas sequências apropriadas - estados não REM (N1, N2 e N3) e REM-, durante a noite e programado pelo ciclo circadiano tem uma melhor qualidade do que o sono em outros momentos do dia.

Em síntese, dormir bem, no horário adequado e sem interrupções é fundamental para obter todos os benefícios que mencionamos no início no texto. Nas próximas linhas, veja o que a ciência diz sobre sono, bem-estar, longevidade e performance.

Aprendizado

Em uma pesquisa sobre sono e sonhos, os cientistas norte-americanos Allan Hobson e Robert Stickgold definiram que o processo de aprendizado acontece em três fases: durante a prática, como nas aulas; durante as primeiras horas do sono e, por fim, durante o sono do final da madrugada. 

Com isso, eles mostraram que o sono profundo - na primeira metade da noite - é fundamental para consolidação do aprendizado. A pesquisa levou à conclusão de que quem dorme a noite toda tem resultados três vezes melhores do que quem dorme pouco.

Longevidade

A duração do sono é determinante para uma vida com longevidade, é o que mostra um estudo americano na área de neurologia. Os resultados levam a crer que pessoas que dormem tarde, e pouco, têm duas vezes mais chances de ter um distúrbio psicológico e 30% mais chances de desenvolverem diabetes.

Em relação às condições para o sono de qualidade, outra pesquisa mostrou que indivíduos que dormem profundamente na escuridão têm 200% menos chance de ter câncer, quando comparados com os indivíduos que não dormem bem ou dormem com exposição à luz de noite.

Nesse sentido, várias entidades nacionais ligadas ao sono, como a Associação Brasileira do Sono, desenvolveram uma cartilha com orientação para dormir bem e envelhecer com saúde. Veja alguma dicas:

  1. Acordar todos os dias no mesmo horário, inclusive finais de semana;
  2. Fazer exercícios físicos com regularidade.
  3. Evitar comidas e bebidas horas antes de dormir;
  4. Manter o quarto escuro e silencioso à noite;
  5. Evitar tablets, celulares e outros dispositivos eletrônicos na cama.

Performance física

A Universidade de Stanford, EUA, destaque no ensino acadêmico e nos esportes, realizou uma pesquisa com 11 estudantes saudáveis ​​do seu time de basquete masculino. Entre os resultados esperados, comprovou-se que o sono é benéfico para atingir o desempenho atlético máximo.  

Além disso, o estudo mostrou que os estudantes demonstraram um sprint mais rápido após a extensão do sono.  Eles também relataram melhores classificações gerais de bem-estar físico e mental durante os treinos e jogos.

A ciência comprova que o sono traz vários outros benefícios para saúde e, de modo geral, promove uma melhor qualidade de vida. Agora que você já sabe disso, aprenda como potencializar a qualidade do seu sono com técnicas de Sleep hacking

Post relacionado: Sleep hacking: dicas e práticas para melhorar seu sono


Data?1569950176
AUTOR:
Caffeine Academy
Catalisar todo o potencial humano é o nosso propósito.